abril 02, 2005

Layouts

Mais uma seleção de layouts diversos.

Neste primeiro chama atenção a vitalidade das plantas, o layout foi muito cuidadoso, as plantas foram usadas para dar profundidade a montangem, note o efeito conseguido certamente com podas muito bem pensadas, o tronco deve ter sido escolhido a dedo para servir como divisor entre o primeiro e o segundo plano do aquário.

Um nano, muito bem pensado, gosto dessas áreas escuras abaixo das plantas por que nos remete a uma floresta densa, escura abaixo mas com toda a aquela luz lá no topo, para dimensão do Aquário a Heminathus calitrichoides caiu como uma luva para o carpete. As demais plantas são Heminathus micratenoides a esquerda, Rotala sp. a direita e no fundo Ludwigia arcuata.

Esta montagem é muito interessante por que o aquarista está explorando a potencialidade de texturas e formas de forma bem agressiva, você pode observar as plantas estilo gramíneas no lado direito contrastando com o musgo a frente do lado esquerdo e as plantas de caule com folhas redondas e finas ao fundo. A evolução deste tanque, na sua sétima semana de montagem, promete um belo aquário sem dúvidas.

Um tanque recém montado que eu achei bastante didático, pra quem está começando sugiro parar um pouco nesta montagem e avaliar como o setup inicial foi bem pensado, note as plantas distribuidas de acordo com suas características de crescimento: plantas baixas e lendas a frente (Cryptocorines e Anúbias), algumas isoladas, no meio plantas que formam volumes mas de crescimento lento (Microssorum) e ao fundo as plantas de caule e que certamente crescerão bem mais rapido que as demais, fosse invertida a ordem seria um layout de caos.

Um aquário-terrátio muito bonito, gostaria de ter um assim, uma tendência ainda não observada aqui no Brasil. Gostei muito da parte emersa.

Outro belo nano onde o aquarista fez escolhas óbvias de plantas para o carpete, receita que sempre dá certo: Glossostigna elatinoides e Eleocharis minima. Um troco bem posicionado que valorizou a sua forma (uma Anúbia sp. nana ali no canto) e uma planta de destaque formando uma grande moita: Rotala rotundifolia. A montagem apesar de pequena garantiu espaço para os peixes, por falar neles, poecilídeos... lá no primeiro já tinha-mos visto uma Molinésia, que supresa.

Um tanque maior cerca de 90cm, muitas Euriocauláceas... este sim um comportamento típico dos Asiáticos nos ultimos tempo, gostei do destaque para a Anúbia sp. nana no trnco, ao contrário de muita gente essas raízes aos meus olhos deixam o tanque bem natural pra outros isso seria motivo de desespero hehehe .. e olhem só, entre tantas possibilidades que o aquarista devia ter disponível, olha a Higrophila disformis ali no canto, uma planta muito bonita e tão preterida pelos nossos aquaristas.

Outro tanque recém montado que serve para estudo, as espécias de gramíneas tá com cara de Blyxa sp., posso estar enganado. Substrato com receitinha básica (glossos+minima) e se eu não estiver enganado mais uma vez tem uma Echinodorus ali bem no meio, me parece uma Echinodorus homeranii sp. red (???).

Uma curiosidade neste tanque, apenas para mostrar uma plantinha muito pouco conhecida dos nossos aquaristas, é a do substrato logo na frente, Elantine triandra.

2 Comentários:

auroraeyer@hotmail.com disse...

Oie
Parabéns pelo blog, ele é muito bom, aprendo sempre com seus artigos.
Sou nova nesse mundo do aquarismo, estou montando meu primeiro plantado e tenho tentado acessar esse artigo, mas os links não abrem as fotos do layouts.
Gostaria muito pra me guiar num bom senso.
Grata
Aurora Eyer

Xylema disse...

Olá Aurora,

Os links desta postagem levam para um site chinês que infelizmente restringiu o acesso as imagens apenas para pessoas registradas no site, a única maneira de ver estas imagens é registrar-se no fórum AquGrass.com

Postar um comentário

Obrigado por comentar!
Todos os comentários serão lidos e só então aprovados para publicação, ou não.

Related Posts with Thumbnails