outubro 26, 2010

As raras Hakkai Seki



Sabe aquelas pelas pedras que o Sr Amano usa em seus aquários, como esse ai de cima, e que metade dos aquaristas ama, por que são absurdamente lindas, e a outra mete odeia por que não consegue achar nada parecido? Pois é, elas são originadas da montanha Hakkai que fica na região de Niigata, no Japão, por isos o nome Hakkai Seki ou Pedra Hakkai. São apreciadas há séculos milênios por seu padrão, cor e textura. São objeto de desejo de todo bom apreciador de Bosai, Suiseki, Kusamono e, claro, de quem é fan do estilo Iwagumi, popularizado pela ADA no mundo todo. 

Ao contrário dos que as pessoas normalmente pensam, afinal existem uma montanha, elas são raras. Raras ao ponto de não serem encontradas em qualquer local do Japão que venda outros tipos de pedras para qualquer fim. As únicas peças que estão disponíveis são aquelas que já fazem parte de coleções particulares e, segundo costa, o Sr Takashi Amano tem uma bela coleção delas. 

Mas afinal, por que elas são tão raras? Por que elas são encontradas dentro de uma área de proteção do governo japonês e somente podem ser retiradas de forma restrita e com permissão expressa, qualquer outra retirada é considerada não autorizada. Isso não deve fazer muito sentido da cabeça da maioria dos brasileiros que certamente consideram isso uma banalidade digna de ser ignorada e ir lá pegar assim mesmo, mas vejam só o que é cultura: como eu falei antes não existem pedras no mercado que não sejam de coleção. Pelo menos não de forma oficial. Apesar disso aparentemente não é complicado para alguém, conforme o relato,  simplesmente ir até lá e pegar o que quiser como podemos ver no relato e fotos do Sr Chong. Não vamos julgar ninguém aqui, ok?

Pra você que já está deprimido com isso tudo, calma, há uma chance de conseguir uma pedra similar a Hakkai, para isso basta procurar regiões em que existam rios com corredeiras fortas, as chances de achar pedras com um padrão similar são altas. Mas grosso modo, como o Champagne só é Champagne se vier da região de Champagne na França, uma pedra só é Hakkai ser vier da Montanha Hakkai, em Niigata. Mas pelo menos já é alguma coisa ter uma similar, não é? (= O representante da ADA nos EUA vende pedras bem parecidas, similares a Hakkai Seki.

E por falar no representante americano da ADA, ele é um dos pouco felizardos que conseguiu adquirir um belo conjunto dessas pedras, levou para casa e montou um aquário com elas, ainda postou um vídeo mostrando todo o processo, o Sr Senske é um felizardo. Curiosidade: no link do relato do Sr Chong há detalhes de como Jeff Senske conseguiu suas pedrinhas. ;D


Infelizmente a maioria das pedras que achamos em lojas do Brasil ainda são pedaços quebrados de blocos ou pedras sem muito apelo estético, geralmente provenientes lojas de pedras para construção civil ou de diretamente de pedreiras comerciais, não há um processo tão seletivo quanto a origem, embora muitas lojas realmente tentem garimpar estes itens. 

Boas peças são poucas, limitadas em opção e geralmente caras, imagine o frente de 15kg de pedras. Por isso se você tiver oportunidade de andar em locais com oa possibilidade abra o olho, mas seja seletivo, não adianta você querer levar a montanha para casa, pois você não vai usar, leve em consideração que áreas de proteção tem coleta restrita, respeite as leis ambientais do nosso país.

2 Comentários:

marcos.ricardo.br@gmail.com disse...

Realmente pedras muito lindas, não sei se faço parte do grupo que ama ou odeia elas! eheheh

Abraços
Marcos

Anônimo disse...

É uma pena que no Brasil ainda temos esta carensia de bom material para layout mais até acho bom assim pois, nem todos tem o mesmo pensamento e garanto que se fosse encontrada dessas pedras no brasil algum espertalhão iria dar um jeito de acabar com a natureza para extrair todas visando somente o lucro
De uma coisa tenho certeza se um dia ele não as quiser mais pode avisar que eu fico com elas

abraços
Rodrigo

Postar um comentário

Obrigado por comentar!
Todos os comentários serão lidos e só então aprovados para publicação, ou não.

Related Posts with Thumbnails