novembro 29, 2010

Livro: Nos Jardins Submersos da Bodoquena

Capa

Nos Jardins Submersos da Bodoquena
Guia para identificação de plantas aquáticas de Bonito e região.
Autores: Edna Scremin-Dias, Vali Joana Pott, Regis Catarino da Hora, Paulo Robson de Souza.
ISBN: 85-85917-50-4

Eu conheci este livro por acaso, ele apareceu em um resultado de pesquisa quando eu buscava por outra publicação, após consultar alguns amigos eu me senti tentado em compra-lo, não me arrependi. O livro é, como sua descrição já alerta, um guia de campo. Sua leitura é fácil e acessível até mesmo para quem não está acostumado com termos botânicos ou expressões mais técnicas, nota-se a preocupação dos autores em torna-lo didático e aberto a leitura de qualquer interessado nas belezas da região da Bonito/MS.

A cidade de Bonito está encravada no Planalto da Bodoquena, região que há mais de 360 milhões de anos era o leito de um oceano interno, onde grandes recifes de corais floresceram e formaram grandes grupos de rochas calcárias. Essas rochas se elevaram ao longo da história geológica da região formando um planalto, cujos abismos ao leste divisam o Pantanal Matogrossense. 

Do leito de calcário que forma a Bodoquena nascem vários rios como o Rio Formoso, Rio da Prata, o Rio Sucuri e o Rio Perdido, que formam a bacia da região, além de diversos pontos onde a água surge das rochas ou desaparece (sumidouros) como em um ralo de pia, devido a natureza porosa do calcário que criar fissuras, grutas e cavernas por onde muitas vezes a água corre no subterrâneo, sumindo em um ponto e aparecendo em outro. Por isso o Rio Perdido ganhou esse nome, ele desaparece em um certo ponto sendo drenado por um sumidouro e ressurge da terra mais adiante.

Devido a sua peculiar formação geológicas as águas que formam a bacia hidrográfica da região tem um alto teor de minerais dissolvidos, mas devido a sua pureza as águas são cristalinas formando verdadeiros aquários naturais onde plantas e peixes florescem. O calcário é dissolvido pela acidez da água que surge das profundezas da terra e pelo seu acúmulo forma grandes depósitos ao longo dos percursos dos rios, criando belos depósitos de turfas calcáreas, que crescem pelo acumulo contínuo de material formando cachoeiras, baias e pequenos diques naturais.

Todos estes aspectos e muitos outros estão detalhados no livro, que aborda vários tópicos divididos nos seguintes assuntos: Geologia, Adaptações, Algas, Musgos, Plantas, Interações e Ambientes. 

Um dos pontos positivos do livro para qualquer pessoa que se interesse por plantas aquáticas está na forma como as informações estão cuidadosamente organizadas em formato de ficha, permitindo uma consulta rápida e precisa, os ambientes possuem bom registro fotográfico, o que permite a elaboração de biotopos com alta fidelidade ao local de referência. É sem dúvida um livro para constar na biblioteca de qualquer aquatista que deseje ampliar e conhecer melhor nossos tão variados e pouco documentados biótopos.

E para fechar com chave de ouro um vídeo mostrando o aquário natural que é Bonito, no Mato Grosso do Sul:

2 Comentários:

Paulo Robson disse...

Gratos pela atenção dedicada ao nosso livro, pela deferência. Ele foi feito com muito carinho e dedicação, ancorado por uma pesquisa de plantas aquáticas na região que se iniciou em 1995, sob coordenação da profa. Edna Scremin Dias, da UFMS. O curioso é que inicialmente a obra foi concebida para subsidiar professores e guias de turismo de Bonito -- com o apoio do FNMA --, que inclusive receberam treinamento em campo, identificando as plantas aquáticas no rio Sucuri com o auxílio do livro, mas sem a ajuda dos autores, que os acompanhavam (fizemos isso para lhes dar segurança na identificação botânica e prática na consulta à obra). Mas vemos com satisfação que a obra extrapolou seu propósito inicial.


Com um abraço,

Paulo Robson.

Xylema disse...

Olá Sr. Paulo, sem dúvida que o livro se destacou, nosso país é riquíssimo em diversidade e proporcionalmente sofre de uma carência inaceitável em termos documentais acessíveis ao grande público e interessados em geral. Não tem como não se apegar ao guia, ele é uma publicação rara de enorme valor para todos nós que adoramos plantas aquáticas.

Muito obrigado!

Postar um comentário

Obrigado por comentar!
Todos os comentários serão lidos e só então aprovados para publicação, ou não.

Related Posts with Thumbnails