agosto 13, 2011

ADA Tourmaline BC


Há cerca de cinco anos ou mais era comum ouvir alguém falar que produtos como o ADA Bacter 100 eram dinheiro jogado fora, ninguém em sua sã consciência, naquela época, ousava acreditar que um pool de bactérias pudesse promover qualquer benefício para o aquário. Os tempos mudaram, a informação hoje é mais acessível, os produtos foram testados e retestados, cientificamente comprovados e hoje temos uma grande variedade de "aceleradores biológicos" que de uma forma ou de outra cumprem exatamente a mesma função: promover o florescimento da flora bacteriana no aquário já desde o seu início, seja no sistema de filtragem, seja no substrato, as bactérias são o coração do aquário moderno, e do "ADA System"  em toda sua glória.

Abracadabra!
O produto da vez a levantar polêmicas e pressentimentos ruins é o tão falado Tourmaline BC, um composto de carvão ativado e turmalina em pó para adição na camada inferior do substrato durante a montagem do mesmo.  Há um ar de incredulidade em torno deste produto, e é muito compreensível, afinal já vi dezenas de produtos sendo vendidos como panaceia do aquarismo moderno, o que sabemos que não existe. Não é este o caso do Tourmaline BC, o produto nunca foi anunciado desta forma, mas a sua ação e funcionalidade são questionadas em qualquer bom fórum internet a fora.

Sinceramente, confesso que faço parte do time que ainda não se convenceu completamente e já pesquisei muito, muito sobre o assunto. Há um grande problema em fazer uma simples pesquisa sobre isso e acho que vem dai toda essa celeuma sobre o Tourmaline BC. Vamos aos esclarecimentos.

Um grupo japonês publicou um artigo que alega uma coisa bem "interessante", segundo eles a turmalina teria um efeito positivo sobre os nosso leucócitos sangue e o meio de ação seria pela emissão de um tipo de radiação muito "incomum", radiação far-infrared, que é emitida por TODOS os corpos cuja temperatura está acima do zero absoluto. Oi? Preciso explicar por que o artigo caiu em descrédito? Enfim, isso deve ter sido o bastante para que apenas MAIS UM método milagroso de purificação, energização, bioativação, incluaaquioseunomemísticopreferido, etc. se tornasse a mais nova modinha. Resultado? Milhares de páginas vendendo produtos para filtragem cuja principal característica principal se dá pelos efeitos miraculosos da turmalina em suas mídias filtrante. Acredite, essas coisas vendem como água gelada em dia quente. Sabendo do acontecido acima você entende por que ao pesquisar sobre turmalina a quantidade absurda de páginas que beiram o misticismo aparecem. Não é a toa que as pessoas simplesmente relutam em aceitar esse produto, junte-se a isso o fato de que a ADA não divulga tantas informações sobres seus aditivos, como já comentamos acima.

Mas aqui eu gostaria de abrir um parênteses, eu me recuso a acreditar que a ADA esteja vendendo um produto inócuo (pó de pôneis malditos?), por mais que isso possa parece sensato na cabeça da grande maioria das pessoas que acaloradamente discutem sobre o assunto. A ADA vive do seu marketing e sem tem uma coisa que eles fazem bem, além de aquários, é marketing. Enquanto metade das empresas se apoia na velha mídia e vive de panfletos a ADA adotou uma estratégia agressiva de marketing, que não só promovem como ensinam e incentivam seus clientes a experimentar eles mesmos, apesar de que nem sempre temos todas as informações que gostaríamos, como no caso do Tourmaline BC. Vocês alguma vez acharam que a ADA Gallery é apenas uma diversão para os funcionários da ADA que a mantém? Não mesmo.

Estes dias eu estava mais uma vez pesquisando sobre o assunto quando me deparei com uma sugestão do Google para pesquisar em artigos acadêmicos. Putz, por que eu não pensei nisso?! E lá estava um resultado promissor no primeiro link!!! Agora vamos aos fatos.

Oi, eu sou uma Nitrobactéria!
O título do artigo é "Effects of Tourmaline on Growth in Nitrifying Bacteria and Formation and Maturation of Biofilm" e no seu resumo podemos ler o seguinte: "The results showed that the medium supplemented with tourmaline greatly promoted the growth of the nitrite bacteria and nitrobacteria.The NH4+-N removal rate of the bioflim on the FCM surface became stable after 14 days of start-up and the NO3—N concentration gradually increased after 12,7,6 days earlier than CM.The results indicated that the performances of FCM were better in terms of the nitrifying bacterium growth and their nitrification.". Aparentemente a turmalina tem sim um efeito que não é desprezível, mas está longe de ser um aditivo milagroso como muitos sites propagam abertamente. A sua ação ainda não está clara, não sabemos como é exercido este efeito benéfico para bactérias, mas sua ação é mensurável pelo pouco que podemos ver, é efetiva na aceleração do crescimento das bactérias que, estas sim, farão o seu trabalho de sempre, a diferença então seria apenas no tempo que levaria para estas bactérias trabalharem a todo vapor. Nada de mágica, nada de misticismo. Isso se chama ciência. Considerando essa pesquisa faz todo o sentido a ADA ter esse aditivo, as bactérias são a alma do seu sistema.

Mais um ponto para o Amano? Não sei ainda, mas parece que o Amano acertou mais uma vez. Não é por acaso que eles promovem sua linha substrato dizendo: A well-balanced environment sustainable for a long-period starts from building a living substrate.
Atualização:
No dia 12 de agosto de 2011 a ADA liberou um folheto em inglês promovendo seu sistema de substrato e, entre outras coisas, uma dos produtos mencionados foi justamente o Tourmaline BC, na página 5 do arquivo o produto tem a seguinte descrição: A combinação dos efeitos da turmalina com o carvão de bamboo promovem o crescimento das raízes e o desenvolvimento de bactérias no substrato. Combined effects of tourmaline and bamboo charcoal promote the root growth and development of substrate bacteria. O arquivo Substrate System em PDF pode ser visto aqui.

Referências:

5 Comentários:

Oliveira, Carlos disse...

Realmente muito interessante, e é como vc falou : Um dia pode estar todo mundo usando, mas temos que esperar até lá, por ora só acreditamos no que todo mundo faz !

excelente artigo, parabéns.

Oliveira, Carlos disse...

Mas companheiro, eu fiquei com uma dúvida... essa Turmalina é a pedra mesmo ? Bruta ?

abraços.

Xylema disse...

Oi Carlos,

Sim, a pedra bruta é apenas separada de outros minérios e micronizada (vira pó) para compor a mídia.

Oliveira, Carlos disse...

Pois é, eu tenho esse tipo de pedra em mãos e é muito fácil conseguir.

Pelo que vi a venda no ML é a turmalina preta, mas tem um monte de cores, vc sabe qual é a mais utilizada ?

abraços.

Uber disse...

Justamente. também vi Turmalina no Mercado Livre e várias pessoas perguntando se dá para usar em aquário. Fiquei bastante interessado e acho que vou experimentar.

Postar um comentário

Obrigado por comentar!
Todos os comentários serão lidos e só então aprovados para publicação, ou não.

Related Posts with Thumbnails