novembro 19, 2012

Curso em Fortaleza


Dias 26 e 27 de novembro será realizado um curso de introdução ao aquarismo Doce e Marinho, o evento será gratuito e é uma promoção da Associação do Criadores e Lojas de Aquarismo do Ceará (ACLACE) em parceria com a Ventura Aquarismo, representante oficial da Seachem e da Tetra. O evento conta com o apoio do Governo do Estado e do Sebrae Ceará, onde será realizado o evento [sede praia].

Mais informações e contatos na imagem abaixo:


julho 11, 2012

Avatar Feelings


Muita gente ficou curiosa com o aquário abaixo no IAPLC 2012, vários aquários similares que tentam reproduzir as imagens de Pandora, o planeta fictício do filme Avatar, já apareceram pela internet antes. É um aquascape intrigante.


Você ficou impressionado com a foto? Então agora veja isso:



Os aquascapers estão sempre surpreendendo, e isso é bom!

Galeria IAPLC 2012


Com a mudança do sistema de votação do International Aquatic Plants Layout Contest (IAPLC) a ADA pegou todo mundo de surpresa liberando as fotos de todos os 200 finalistas da primeira rodada, ou seja, ninguém vaza mais o resultado da ADA, ela mesmo divulga. Muito esperto e não posso dizer que não adorei  a ideia. 

Só para dar um gostinho:



Quer ver mais? Quem não conferiu ainda as imagens pode acessar o site oficial do TOP 200 LAYOUTS e se deleitar.

Além da discussão sobre os aquários incríveis, outros nem tanto, já surgiram alguns questionamentos à respeito da veracidade de algumas montagens, a ADA não costuma se manifestar quando a estes problemas, no entanto não recordo de algum aquário que tenha passado por isso e chegado aos final, você pode acompanhar estas e outras discussões na página do Xylema no Facebook.

Agora é só esperar a próxima rodada e ver a seleção ficar mais acirrada ainda! Quais as suas apostas?

junho 28, 2012

Técnica: Dry Starting


A grande maioria das plantas aquáticas que usamos em nossos aquários são na verdade plantas hidrófilas, ou seja, elas se desenvolvem emersas e podem ser adaptadas a vida submersa, estas plantas naturalmente ocorrem em locais onde estão sujeitas a períodos de seca e cheia, onde o ambiente sofre essa alternância duranta as estações. 

Hardscape quase pronto já com musgos.
Notadamente as plantas tendem a se desenvolver muito mais rapidamente na sua fase emersa do que na fase submersa, uma característica que recentemente passou a ser aproveitada na elaboração de aquários através da técnica chamada Dry Starting, ou Início Seco em tradução livre. Algumas plantas como musgos, as Anubias e as Microsorum são conhecidas pela lentidão inicial do seu desenvolvimento em aquários, mas estas plantas tem um desenvolvimento relativamente mais rápido quando emersas, assim como outras espécies.

Plantas emersas com crescimento vigoroso.
Tenho visto pelos fóruns internacionais uma ou outra experiência, mas nenhuma me chamou tanta atenção como a do aquascaper Just Willy que postou no seu perfil do Facebook algumas fotos atuais do aquário que foi iniciado utilizando esta técnica.


Em um tópico no PlantedTank.net, que já conta com mais de 10 páginas, documenta todo o setup e desenvolvimento do tanque até a foto acima que é uma das mais recentes, como podemos ver o resultado é impressionante. 

Confira! Vale a leitura.



junho 10, 2012

Areia de Filtro de Piscina: cuidados no manuseio


Primeiramente eu gostaria de dizer que não estou querendo causar pânico, apenas conscientizar a todos que como qualquer outra substância existe um risco relacionado ao manuseio inadequado da areia de filtro de piscina, esses riscos se tornam reais em situações onde há uma grande exposição do usuário, geralmente só ocorrendo em situações típicas de uma planta de processamento ou extração de areia.

A areia de filtro de piscina começou a ser utilizada em aquários em meados da década de 90, seu uso surgiu da necessidade de uma camada de areia que fosse não só eficiente como substrato para fixação das plantas, mas também como barreira ou camada isolante, de forma que os componentes da camada fértil do substrato (técnica comum na época) não fossem dispersados para coluna d'água, um dos pontos negativos do cascalho de rio e da areia grossa que eram usados até então.

Com a evolução do aquarismo no Brasil os solos industrializados compostos de vários tipos de areia calcinada começaram a chegar ao mercado e a se tornar mais populares pela praticidade e eficiência, a areia de filtro deixou de ser usada apenas como barreira, já que os novos solos férteis não tem essa necessidade, e a areia passou a ser usada como opção de areia cosmética na elaboração de substratos, onde o solo fértil está em uma área e a areia de filtro ocupa outra área distinta, geralmente na frente do aquário para dar um ar natural ao aquascape. 

Essa areia se constitui basicamente de grãos de cristais de quartzo com tamanhos que podem varias de um pó superfino com apenas alguns mícrons até grãos de 3 ou 4mm. O quartzo tem como vantagem a aparência homogênea, a variação de cor (transparente, branco, amarelo, rosa, âmbar), sua neutralidade, uma vez que o cristal não reage dentro do aquário alterando o pH da água, além da facilidade de se achar o produto e o preço relativamente acessível. Dai o produto ter se popularizado rapidamente. Cristais de quartzo são nada mais que sílica em seu formato cristalizado, um dos itens mais abundantes na formação do solo.

As diversas granulometrias da areia de filtro
Agora vem a parte não muito legal dos cristais de sílica que formam o quartzo: o pó aspirável, ou seja, aquela poeira muito fina que se forma quando a sílica cristalizada sofre algum tipo de abrasão, quando inalada em grandes quantidades e por período prolongado, se deposita nos pulmões e pode acarretar problemas sérios para saúde, os quadros mais graves podem chegar a silicose até ao câncer de pulmão.

Santo Deus! Vou esvaziar meu aquário agora!!!

Não adianta, você teria que mudar de planeta para se livrar do quartzo, ele é um dos minerais mais abundantes compreendo cerca de 12% de tudo o que existe.

Porém, para tranquilizar a todos, o Dr Marcelo K. postou nos comentários a informação de que os problemas de exposição a sílica, e o desenvolvimento de doenças como a silicose, ocorrem geralmente em pessoas que tem um longo histórico de exposição ao produto, ou seja, nosso trato esporádico não deve nos sujeitar a qualquer risco.

Como já vimos a sílica é um dos componentes mais comuns da crosta terrestre, não é a areia que está lá quietinha no fundo do seu aquário que vai te fazer qualquer mal, é o pó de sílica cristalizada muito fino que ao ser inalado poderá causar problemas de saúde, isso não inclui o seu aquário entre os fatores de risco. Não saber como manusear corretamente essa areia é que poderá eventualmente causar problemas.

As pessoas que estão mais expostas ao riscos da inalação de sílica cristalizada são aquelas que trabalham com cortes, polimento ou qualquer outra atividade que envolva abrasão e consequente formação de pó. No entanto é bom adotar algumas medidas de segurança que são válidas para qualquer tipo de pó que você eventualmente tenha que manusear:
  • Ao abrir uma embalagem que contenha pó esteja em local aberto, arejado, use uma máscara dessas comuns em tempos de epidemia;
  • Nunca, jamais, aproxime o nariz de um recipiente com qualquer substância em pó, a menos que você saiba exatamente o que é e esteja consciente dos riscos que ela pode acarretar.
  • Falando especificamente da areia: Da embalagem para água, faça isso imediatamente para que o pó que sempre vai existir dento do pacote seja lavado e assim não haja possibilidade dele entrar em suspensão no ar que você vai respirar;
  • Mantenha a embalagem bem fechada, se possível lacrada, e guardada em local adequado longe do alcance de crianças e animais.
A areia de quartzo sempre terá pó em sua embalagem, o atrito dos grãos entre si está constantemente desgastando-os, por isso eles parecem polidos e arredondados e sempre estão cobertos de uma fina camada de pó, a água age como um lubrificante diminuindo o atrito e fazendo com que o pó decante com o tempo.


Olha, eu fiquei com medo, ainda não estou seguro se quero continuar usando.

Aqui precisamos ter um pouco de ponderação, estamos constantemente exposto a uma gama incrível de substâncias químicas presentes em nosso ambiente comum, algumas que nem sonhamos estão sendo o tempo todo inaladas, você já pensou o tanto de farinha de trigo que sua mãe inala quando vai fazer um bolo? Ou a quantidade de pó que seus fertilizantes caseiros liberam quando você está displicentemente separando medidas para misturar soluções para o aquário ou mesmo adubar o jardim? Sabe aquele saco de pigmento que você precisou misturar no final de semana para terminar de pintar a parede da sua casa? Todas estas atividades corriqueiras envolvem algum tipo de risco, cabe a cada um de nós ter uma conduta adequada no seu manuseio, faz tempo que não vejo ninguém morrer por que aspirou sabão em pó, por exemplo, se é que isso é possível, mas é melhor não duvidar, vai que alguém encare como desafio. Mas enfim, o risco existe, mas os cuidados no manuseio irão minimizar ou anular este risco, só depende de você.

Links uteis que eu acho que vocês deveriam ler:

junho 06, 2012

Promoção de Aniversário




O Xylema completou 8 anos de existência e para comemorar será realizado um sorteio entre todos os leitores que desejarem concorrer a este belo Kit que a MBreda preparou especialmente pra vocês!

Por motivos técnicos a promoção será realizada inteiramente pelo Facebook, acessa lá o tópico oficial e participe! 

Boa sorte a todos!!!

maio 20, 2012

Vídeo: The Fish Guys

Segundo a Wikipedia:

Os Llanos (do castelhano llanos, plainos ou planícies) são uma vasta região do norte da América do Sul, sita maioritariamente na bacia do rio Orinoco, considerada como um dos ecossistemas mais importantes da Terra e enquadrado no bioma correspondente às savanas.
O clima dos llanos caracteriza-se pela elevada temperatura do ar e pela existência de duas estações bem marcadas: a estação das chuvas; e a estação seca. Assim, é uma das variantes do clima tropical com estação seca, a que corresponde o tipo Aw na classificação climática de Köppen-Geiger. Embora sendo em geral húmido, tem períodos de seca mais ou menos intensa. A temperatura do ar é elevada (em média anual acima dos 25°C), embora possa ser bem menor nos llanos sitos a elevadas altitudes, onde a suavidade do clima se aproxima dos climas tropicais alpinos.
A existência deste clima intertropical de savana associada ao fato da região se situar no interior do continente, e por isso com ausência de influência marítima, permite uma maior amplitude térmica diária que nas zonas costeiras. As temperaturas mais baixas registam-se nas épocas das chuvas, ou seja em Agosto e Setembro, mas a amplitude térmica anual é em geral pouco significativa. 

Confira o vídeo de George Fear e Ivan Mikolji em sua viagem pelos Llanos documentando a busca por peixes ornamentais nos Llanos Venezuelanos:


O vídeo acima está dividido em cinco partes de aproximadamente 9 minutos cada uma, se preferir pode ver os vídeos em partes individuais clicando aqui.

Kreisel tank

Kreisel Tank é um tipo bem particular de aquário, é um tanque que tem as faces laterais arredondadas e a frente e fundo planos, como se tivesse sido cortada uma fatia de um tubo ou ainda em formato de U, em seu interior há um fluxo circular muito, muito lento suficiente apenas para manter seus habitantes em suspensão contínua, a capitação de água e outros itens de hardware, quado existem, são sempre protegidos para que seus habitantes não sejam presos pela sucção ou machucados pelo atrito com eles. Este tipo de tanque tão diferente é usado para manter seres muito delicados como as águas-vivas.

Só muito recentemente foi possível manter águas-vivas em aquário, apesar de ser algo ainda difícil de se ver, o visual exótico e etéreo deste tipo de aquário tem ganhado popularidade, uma vez que há opções inclusive de água doce. No vídeo abaixo você confere instalação de uma testes tipos de aquário na Interzoo 2012, em Nurimberg na Alemanha:


Você pode ler um pouco mais sobre este estilo de aquário no artigo da Wikipedia.

maio 10, 2012

Novos Aquários Gigantes da ADA


Atualizado duas vezes!

Takashi Amano andou bastante ocupado preparando os aquários para exposição na inauguração do Sumida Aquarium, que fica próximo a Tokyo Sky Tree, no vídeo abaixo você confere detalhes do trabalho de preparação, desde a seleção de material, passando pela logística até a execução do layout. A exposição será aberta ao público em 22 de maio data da inauguração.

O trabalho é insano pelo tamanho dos aquários e o resultado não é menos que magnífico. Confira o vídeo! Serão preparados dois aquários para a exposição no Sumida Aquarium, sendo eles:

1. W710 x D110 x H120cm
2. W414 x D164 x H170cm

Este é apenas o primeiro vídeo, serão lançados outros logo mais, a ADA prometeu legendas em inglês em breve.


Atualização 1: A ADA liberou a segunda parte do vídeo, confira!



Atualização 2: Última parte da série com o Amano em pessoa falando sobre os aquários, as legendas em inglês estarão disponíveis a partir de 22 de maio, confira.






maio 06, 2012

Reciprocity by James Findley


O aquário das fotos abaixo tem um formato dos mais desafiadores, sua proporção é bem diferente de um aquário padrão, não sei ainda detalhes do setup, mas palas fotos postadas no Facebook o aquário tem pelo menos 2m de largura e estimo uns 45cm de altura, ele é muito, muito comprido. 

O Sr. Findley fez um trabalho muito bom de composição e usou o formato diferente como vantagem para o seu layout, o resultado mesmo antes de completa evolução já não deixa dúvidas, confira o álbum completo.



Clique nas imagens para ver maior. Prometeram um vídeo do aquário, estamos aguardando! :)

Vídeo: The Power of ADA

O aquário do vídeo abaixo é um exemplo documentado passo a passo de uma montagem no estilo Nature Aquarium da ADA, é uma promoção da linha de produtos da empresa e vale a pena dar uma conferida no artigo completo, muitas fotos de cada etapa, para entender o processo se você não conhece ainda a linha da empresa feito pela Green Machine

O aquário é um ADA Cube Garden 60-P, 60 x 30 x 36 cm, na página do artigo estão todos os detalhes do setup.



Essas pedrinhas ajudam bastante.

Publicação: Amazonas Magazine



Amazonas Magazine é a mais nova publicação em língua inglesa voltada exclusivamente para o aquarismo de água doce, lançada no final de 2011 com publicação bimestral a revista tem um conteúdo rico, variado e de excelente qualidade, estão disponíveis duas modalidades de assinatura que incluem versão impressa + digital ou apenas a versão digital. Os artigos são assinados por colunistas de renome no cenário internacional e garanto que são artigos difíceis de deixar de ler, informativos e detalhados, além de muito bem ilustrada.

No site oficial estão disponíveis três exemplares gratuitamente que podem inclusive ser salvos em PDF para ler com calma, recomendo!

Para salva os exemplares em PDF: No site da revista clique em Current Issue para ver a edição atual na página de leitura, nesta janela há um ícone Download PDF, ao lado do ícone da impressora no canto superior direito, clique e na janela que se abre aparecerá o botão Download All, clique, vai aparecer uma janelinha com o aviso PDF Request e a mensagem "Click here to open PDF", clique na palava here e você será levado a outra janela, aqui demora, aguarde até que seja exibido um novo link para finalmente fazer o download da revista completa (+- 10MB), pode esperar com paciência pois demora bastante para isso acontecer. Para salvar os outros dois números disponíveis é só voltar para a página de leitura da revista e clicar no lado esquerdo no menu lateral onde está escrito Archive, lá você verá as edições disponíveis que podem ser salvas.


Aquascape: Asian Spirit


Viktor Lantus postou em seu blog pessoal o processo de evolução e registro do seu aquacape idealizado para o IAPLC 2012, como podemos ver nas imagens abaixo a evolução do aquário foi simplesmente fantástica. Mais detalhes na página do artigo.

Em 5 de novembro de 2011

Em 12 de abril de 2012, o aquário gritava por uma poda.

Curioso para ver o resultado final? Assista o vídeo abaixo ou visite o artigo do Viktor para conferir os detalhes e as fotos. Boa sorte Viktor!


O bicho vai pegar no IAPLC 2012, estou ansioso para ver os trabalhos brasileiros!

Video: Small Japanese Garden

O aquascape do vídeo abaixo é um dos concorrentes para o IAPLC 2012, o tanque tem 40x30x30 e um belo layout estilo ilha com galhos irradiando.


Sem dúvida é um belo aquário, porém em minha humilde opinião, em se tratando de uma entrara para o IAPLC, faltou um pouco de volume no fundo e dos musgos nos galhos, ainda parecem recém amarrados, eu estou certo de que mais uma poda e um mês de crescimento dariam uma vantagem muito maior a este belo layout.

abril 17, 2012

Estamos no Facebook


Caros amigos, estou com problemas para manter atualizações regulares no blog, principalmente por falta de tempo, por enquanto sigam-me no Facebook onde mantenho uma rotina bastante regular de atualizações:

Acesse facebook.com/Xylema e clique em Curtir para receber as atualizações.

Em breve: Promoção de Aniversário!

fevereiro 15, 2012

Videos: Plantas Aquáticas no México


Gostaria de compartilhar com vocês essa série de vídeos mostrando alguns biótopos do México e sua flora aquática, é bem interessante e um ótimo registro. São três vídeos curtinhos, vale a pena dar uma espiada.






Ultimamente eu ando com uma saudade tremendas das saídas em campo para procurar plantas e peixes, por isso os vídeos além de interessantes são nostálgicos para mim. 

fevereiro 10, 2012

Aquarium and Pond Plants of the World


Hoje eu gostaria de compartilhar com vocês um link muito antigo que tenho sempre a mão, já falei sobre este site antes, mas coisas boas sempre é bom mencionar de novo então aqui estamos.

Desde 2004
O Aquarium and Ponds Plants of the World é um serviço online para identificação de plantas aquáticas e palustres que é mantido por pesquisadores e que tem o endorso de órgãos como o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. O serviço funciona como um grande banco de dados online com informações, fotos, descrições e diversos fatos relevantes sobre plantas aquáticas e palustres. São mais de 300 páginas com cerca de 1800 fotos das espécies.

Existem duas formas de se usar o site, a primeira e mais simples é a Consulta Textual pela lista de gêneros ou família (você escolhe qual classificação usar) que compõem o banco em ordem alfabética, cada gênero dá acesso a uma página onde são abordas características e detalhes de algumas espécies, existe muita informação util, por lá e uma coisa que eu sempre gostei muito é que eles dizem que outras espécies podem ser confundidas com aquela que você está consultando. Por exemplo, se você abrir a página do gênero Acorus uma das primeiras informações é justamente quais espécies podem ser confundidas por ela, no nosso caso são: Carex, Cyperus, other sedges, Iris, Juncus, Sparganium, Vallisneria.

A segunda opção é um pouco mais avançada e exige um certo conhecimento não só de inglês como de botânica, especialmente morfologia vegetal, pois trata-se de um Aplicativo em Java que oferece a possibilidade de identificação de uma espécie por meio de suas características morfológicas e de hábito. As características estão agrupadas em forma de árvore e a medida que você vai selecionando as características da planta a aplicação vai eliminando aquelas que não se encaixam na sua seleção e destacando as prováveis candidatas. Outro detalhe importante é que se a sua conexão for lenta será mais difícil usar o aplicativo pois por ser uma ferramente visual ele carrega uma grande quantidade de imagens para ajudar durante a pesquisa. 

Tela da Aplicação em Java - Características agrupadas e com exemplos visuais.
A seta verde destaca as abas onde você pode alternar entre várias formas de visualização, e nas bolinhas numeradas heis a explicação:
  1. Selecione as características da planta que se deseja identificar;
  2. Seleção de filtragem ativa;
  3. Espécies que se encaixam no filtro;
  4. Espécies que estão fora das características selecionas.


É isso, espero que seja tão útil para vocês como tem sido pra mim ao longo de todos estes anos.



fevereiro 07, 2012

Know-how: Absorção de excessos de nutrientes segundo a Lei dos Mínimos


Texto da ADA Newsletter em sua última edição:

Os excessos de Nitrogênio (N) e Fósforo (P) no aquário precisam ser removidos por meios como a troca parcial de água para evitar infestação de algas. Enquanto o crescimento das plantas aquáticas não florescer, elas não serão capazes de absorver esta quantidade excedente. No entanto, uma vez que as plantas aquáticas tenham crescido saudáveis e densamente, o Nitrogênio e o Fósforo dificilmente serão detectados mesmo quando as trocas parciais não forem tão frequentes. Mesmo que o tanque tenha peixes que estejam  sendo alimentados adequadamente todos os dias, o nível destes nutrientes será extremamente baixos tão logo as plantas estejam densas o suficiente. Isto mostra que as plantas aquáticas têm uma excelente habilidade como purificadoras da água.

De modo a promover esta habilidade, nós precisamos entender como as plantas aquáticas absorvem nutrientes e então aplicar efetivamente o conhecimento adquirido. Diferentemente das plantas terrestres que absorvem seus nutrientes pelas suas raízes, as plantas aquáticas podem absorver nutrientes através da sua superfície incluindo folhas e caules. As plantas aquáticas desenvolveram esta característica de modo que para elas é possível absorver sais nutrientes dissolvidos no ambiente onde elas estão sempre imersas em água. Entre as plantas aquáticas, Cryptocoryne e Echinodorus são as espécies que efetivamente absorvem nutrientes por suas raízes, enquanto as plantas de caule absorvem mais nutrientes pela superfície das folhas. 

Para as plantas de caule, as raízes são meramente um órgão para ancorar a planta ao substrato. Plantas epífitas como as samambaias, musgos e as Anubias também absorvem nutrientes diretamente da água. Deste modo os efeitos imediatos da suplementação nutricional podem ser esperados adicionando fertilizantes líquido diretamente na água. Todavia, nem todos os fertilizantes líquidos são efetivos. POr exemplo, se fertilizantes líquidos criados para plantas terrestres forem adicionados diretamente no aquário, este tanque irá logo ser coberto por algas. 

De outra forma o aquário com peixes tem a tendência de experimentar um excesso de Nitrogênio e Fósforo, mas carência de Potássio e elementos traços. Existem uma regra amplamente conhecida que se chama "A Lei dos Mínimos" a qual estabelece que o crescimento das plantas é limitado pelo nutriente disponível em menor quantidade em relação ao total requerido pela planta. Este princípio também se aplica as plantas aquáticas em um aquário e, se a Leis dos Mínimos for aplicada de forma reversa, os nutrientes que estiverem sobrando em maior quantidade serão absorvidos se forem suplementados os nutrientes que estão faltando no aquário.
-*-

O texto acima é uma excelente síntese do que vem a ser um dos maiores desafios do aquário plantado: manter seu delicado equilíbrio de forma que plantas e algas possam prosperar, sem que as segundas floresçam. Sim, plantas e algas, por que não importa o que você faça elas sempre estarão lá, esperando a hora oportuna para florescerem. 

fevereiro 02, 2012

Areia Cosmética


Típica areia de rio do Brasil?
A areia é um dos itens essenciais de composição do Nature Aquarium, sua utilização hoje extrapola a sua função primordial de substrato para fixação e suporte das plantas e para os demais elementos de composição do layout, como pedras e troncos. A areia nos mais diversos tons de cores naturais é hoje uma importante elemento de composição de um layout plantado. Na foto ao lado que se vê é a Mekong Sand da ADA que evidentemente seria confundida com nossa areia de rio em qualquer lugar.

Mas afinal, o que é Areia Cosmética?

La Plata Sand
Esse termo surgiu no Japão para designar as areias de cores diversas usadas na camada superior do substrato como elemento cosmético, ou seja, como elemento de composição do layout do Nature Aquarium, o termo foi cunhado pela ADA que é responsável pela popularização da técnica de composição de substrato com areias de cores diferentes.

Com o passar dos anos, e a introdução e domínio do padrão estético japonês no aquarismo plantado do ocidente o mundo foi apresentado as novas técnicas de produção de layouts, incluindo ai a elaboração do substrato, também foram surgindo opções diferenciadas de areias que tiveram sua função estendida: a areia tem função decorativa ou como lá se diz ela tem função cosmética na elaboração de um layout. Por aqui as novidades mais recentes, leia-se na ultima década, foram as areias de quartzo e o substrato de basalto.

Colorado Sand
As areias de filtro, como são popularmente conhecidas, são constituídas de quartzo que é um elemento neutro em relação ao pH do aquário, podem ser achadas com grãos em diversos tamanhos (são vendias por numeração, começa na 0 que é a mais fina e vai até a 5 que tem grãos bem grandes) além disso podem ser encontradas em diversas cores variando do marron claro, caramelo, branco, amarelo e até rosa ou roxo claros, cores típicas do quartzo. Nas duas imagens ao lado dois exemplos da ADA com aparência típica das areias de quartzo vendidas em qualquer loja.

O cascalho de basalto possui cor preta sólida e, como o nome sugere, é um cascalho de grãos relativamente grandes e irregulares. Também é inerte e não afeta o pH do aquário, empresta profundidade ao layout devido a sua cor bastante escura. É uma opção surgida para acalmar a febre de muitos que queriam alguma opção de substrato escuro, algo que pudesse ser visualmente parecido com os substratos estrangeiros de grãos escuros, como o ADA Congo Sand ou o Onyx SandFlourite Black da Seachem.

De acordo com a sua textura e cor a areia pode mudar completamente a atmosfera geral do aquário, areias de tons escuros são mais sóbrias e dão mais peso e profundidade a composição, areias de cores claras dão sensação de  frescor, suavidade e amplidão. Já as cores ocres em tons de amarelo e vermelho dão um toque de exotismo, calor e de natureza selvagem, mas claro os resultados podem variar de acordo com a utilização que se der a cada uma delas, por isso é muito importante o planejamento e a escolha adequada da areia que será utilizada a fim de não compromete o seu projeto.

No mercado nacional começamos a contar com opções industrializadas, já existem duas opções sendo oferecidas pela MBreda, sendo elas a BlackBlue de cor negra e a nova Nature Sand de cor marrom escuro que foi lançada no começo de 2012. São produtos industrializados onde o substrato é recoberto por uma película de resina resistente e inerte que proporcionam um acabamento suave e uniforme aos grãos. Confira:

BlackBlue vs Nature Sand
Areias cosméticas a disposição, já pode começar o seu projeto! ;)



janeiro 25, 2012

Material de Layout: Unzan Stone

Quando a ADA lançou o ADA View no final de 2011 chamou atenção um dos layouts que usava rochas até então inéditas na forma em que foram usadas, são grande pedras formadas por lava solidificada com algumas cavidades estrategicamente escavadas para formar pequenos vasos na própria pedra, ganharam o nome de Unzan Stone, mas ainda não apareceram na página de materiais para layout do site. Também chamou atenção a técnica usava pelo Amano para "aplicar" o musgo nestas mesmas pedras: ele simplesmente triturou o musgo como se fosse um vegetal pronto para uma salada e depois esfregou esse picadinho de musgo nas rochas, simples assim.

O desgaste de rochas não é nenhuma novidade no campo de materiais de layouts, mas é a primeira vez que vemos esse material ser usado de forma clara pelo Amano, estas rochas são muito porosas, de fato elas parece uma esponja, não sendo mais pesadas que qualquer outra rocha do mesmo tamanho, devido a porosidade são leves e fáceis de debastar com as ferramentas certas, daí a facilidade de serem moldadas a gosto.

Abaixo você confere o vídeo em duas partes de um grande layout produzido pelo Amano, o aquário em questão é o antigo aquário marinho que fazia parte da ADA Gallery havia anos, agora ele cede lugar a um belíssimo layout produzido usando as Unzan Stones e Wabi-Kusa. Na primeira parte acompanhamos a montagem do substrato e hardscape, na segunda parte o plantio e finalização do aquário. Confira:

janeiro 24, 2012

Seletiva de Talentos NatureAqua

A comunidade NatureAqua está com inscrições abertas em um processo seletivo de novos membros do grupo, se você deseja fazer parte do seleto grupos de aquascapers esta é a chance, além disso há grandes motivos para participar: Prêmios

Confira o regulamento no hotsite do evento e participe! O risco é entrar para o grupo e ainda ganhar belos prêmios.


janeiro 23, 2012

Redfish Magazine #7


Redfish Magazine é uma revista eletrônica editada na Austrália que aborda o aquarismo Doce e Marinho, uma ótima publicação que vale a pena ter na biblioteca, é grátis, pegue a sua! E não esqueça dos números anteriores.


janeiro 20, 2012

Discussão dos novos critérios ADA para IAPLC 2012



Os novos critérios de julgamento da ADA para o IAPLC 2012 foram lançados na ADA Party 2011 e desde então tem alimentado uma série de debates acalorados e especulações a respeito da sua viabilidade e lisura no que diz respeito a isonomia dos participantes, possivelmente ciente e por reflexo a ADA está disponibilizando um artigo em duas partes (PDF) com mais informações sobre o assunto.

> The discussion on IAPLC judgment criteria Part 1 (PDF: 1.26MB)
> The discussion on IAPLC judgment criteria Part 2 (PDF: 2.28MB)

No link você confere a íntegra da notícia no site oficial da ADA: Release of an article about the discussion on IAPLC judgment criteria onde também está o vídeo da discussão entre o juri e os presentes na ADA Party 2011.

Se você pretende participar do IAPLC 2012 eu recomendo enfaticamente: leia o artigo.




janeiro 16, 2012

Guia do Aquapaisagista em Vídeo


Guia do Aquapaisagista: aquarismo levado a sério, de aquarista para aquarista.

De agora em diante vocês poderão contar com uma série de vídeos produzidos e editados pelo Fabian Kussakawa dando dicas de como montar e manter um aquário plantado, o primeiro vídeo já está disponível e você pode assistir logo abaixo. 

Você também poderá acompanhar mais de perto o lançamento de novos vídeos pelo canal oficial no Youtube e também pelo twitter @GuiaAquapaisagista


Fabian, desde já meu obrigado por mais esta fantástica iniciativa!
Related Posts with Thumbnails